Microdissecação a laser

A microdissecação a laser, também conhecida como LMD ou LCM (Microdissecação de Captura a Laser), é um método livre de contato e contaminação para isolamento de células individuais específicas ou áreas inteiras de tecido a partir de uma grande variedade de amostras de tecido. A espessura, a textura e a técnica de preparação do tecido original são relativamente pouco importantes. O material dissecado pode ser usado em outros métodos de biologia molecular, como PCR, PCR em tempo real, análise proteômica e outras técnicas analíticas. A microdissecação a laser é utilizada atualmente em um grande número de áreas de pesquisa, como neurologia, pesquisa de câncer, análise de plantas, pesquisa forense ou climática. O método é aplicado também para manipulação de culturas celulares ou para microgravação de lamínulas.


wrap =