Resolução lateral de 140 nm por HyVolution

Detectores HyD supersensíveis e deconvolução "Huygens" podem identificar estruturas de 140 nm. Espécime: DNA origami de molécula única com 140 nm de espaçamento definido. Comparação de resultados usando HyVolution e aquisição de imagens por confocal.

Resolução dinâmica máxima por contagem de fótons

Taxa sinal/ruído superior

A contagem de fótons proporciona uma taxa sinal/ruído muito mais elevada que o cálculo de intensidade média tradicional. O cálculo de intensidade média é o padrão de fato em todos os confocais comerciais usando fotomultiplicadores multialcalinos ou GaAsP. 

O Leica HyD é o único fotodetector com uma alta resolução de tempo que permite a resolução de fótons individuais mesmo nas altas taxas de contagem normalmente usadas para a aquisição de imagens. Com o Leica HyD, você obtém informações de imagens mais confiáveis do que com qualquer outro detector completamente integrado em um microscópio confocal.

Alta faixa dinâmica

O Leica HyD cobre toda a faixa de frequência em um detector da contagem de fótons para aquisição de imagens. Todas as informações são contidas em uma imagem. Isso significa a máxima flexibilidade para seus experimentos confocais e menos artefatos resultantes do processamento de dados.

A taxa de amostragem em um sistema de contagem de fótons está estreitamente relacionada à taxa sinal/ruído. Um sistema convencional de contagem de fótons com baixa taxa de amostragem, ou seja 15 MHz, só pode detectar um pequeno número de fótons, o que está associado a uma taxa sinal/ruído relativamente alta. Em taxas de contagem mais elevadas, o sinal é saturado e não é mais quantitativo. Contudo, corantes típicos em espécimes biológicos emitem a taxas entre 15 e 40 MHz.

Com sua amostragem mais rápida, o Leica HyD detecta taxas de fóton mais altas com menor ruído, produzindo melhores imagens que fotomultiplicadores ou fotodiodos de avalanche. No modo de contagem de fótons, o HyD é linear até 60 MHz e, no modo padrão, a linearidade é garantida mesmo chegando-se a 300 MHz. 

A contagem de fótons permite acumular o máximo de informações necessárias para a análise estatística.

STED Super-Resolution

Resolução de até 30 nm

O Leica TCS SP8 STED 3X proporciona verdadeira superresolução para definir detalhes de até 30 nm. Ele é totalmente integrado à plataforma confocal Leica TCS SP8 e oferece acesso rápido, intuitivo e puramente ótico a detalhes estruturais muito além do limite de difração – rápido o suficiente mesmo para aquisição de imagens de células vivas.

STED pulsada a 775 nm de DNA Origami de 45 nm
- 45 nm de pico a pico
- Largura à meia altura de único pico abaixo de 30 nm

AOBS – The Most Versatile Beamsplitter

Adquira imagens de fluoróforos de espectros próximos com 30% a mais de eficiência

Na microscopia confocal, a luz excitada penetra no espécime pelo mesmo lado no qual a emissão é coletada. Um divisor de feixe separa a luz de excitação da luz de emissão.

O AOBS (Acousto Optical Beam Splitter) é um cristal TeO2 ativo completamente transparente que oferece a máxima eficiência fotônica. Uma onda acústica acoplada ao cristal muda suas propriedades de transmissão. Ele é alterado em microssegundos simplesmente mudando-se a frequência de rádio da onda. Isso torna o AOBS um divisor de feixe com flexibilidade, eficiência e rapidez ímpares.

As bandas de reflexão do AOBS têm cortes agudos e pequena largura, permitindo a coleta de até mais 30% de luz de emissão.

O AOBS pode acomodar até oito bandas de reflexão. Você pode usar linhas de excitação pouco espaçadas para a aquisição de imagens simultânea de combinações únicas de corante, como GFP e YFP. Como resultado, é fácil realizar a separação de corantes sem recorrer à desmistura e artefatos relacionados.

Acima: Todos os comprimentos de onda são totalmente flexíveis com o AOBS, permitindo o uso de linhas de excitação pouco espaçadas como para GFP e YFP, o que é impossível para qualquer sistema de roda de filtros.
Abaixo: As bordas íngremes do AOBS aumentam a eficiência de transmissão em 30%

Detecção supersensível com o Leica HyD

Espécimes vivos sensíveis precisam ter sua imagem adquirida em condições de pouca luz em situações de alto ganho. 

O Leica HyD oferece taxa sinal/ruído superior para ajudar a processar os detalhes mais delicados de qualquer espécime – mesmo os mais complicados, como pedaços de tecido de alta dispersão.

Reduzindo o ruído escuro, o Leica HyD automaticamente melhora o contraste da imagem e você obtém imediatamente imagens prontas para publicação.

Ler mais sobre a tecnologia de detecção híbrida.

Eficiência fotônica sem lacunas

O sistema de detecção espectral sem filtros foi projetado para oferecer detecção simultânea de bandas de emissão perfeitamente sintonizáveis sem quaisquer lacunas.

Este patenteado design com uso de um prisma representa o mais eficiente conceito de dispersão. Em comparação com designs baseados em grade, não há perda de fóton e, portanto, não é necessário reciclar ciclos.

Faixa dinâmica adaptativa

Diferentemente de designs de detecção espectral baseados em matriz, o detector Leica SP permite um equilíbrio personalizado entre a faixa de maior sensibilidade e a faixa mais dinâmica. Detectores discretos permitem configurar ganhos individuais para cada detector, em vez de se ter que usar o mesmo ganho para todos os elementos da matriz. Cada detector de ponto se adapta à faixa dinâmica dos diferentes corantes sem perda de fóton. Essa é a base da separação de corantes por desmistura linear sem restauração matemática.

Faixa dinâmica adaptativa do detector espectral (SP). O projeto de detecção SP usando detectores de pontos individuais evita duas desvantagens inerentes das matrizes multianodo: Perda de dinâmica e lacunas espectrais.

Alta velocidade para espécimes vivos

O scanner em tandem une o scanner de campo de visão (FOV) com um sistema de varredura ressonante baseado em espelhos galvanométricos comutáveis. 

  • FOV de 22 mm – o maior em qualquer sistema de varredura de pontos
  • Scanner X2Y de três espelhos para iluminação homogênea
  • Combinação única de campo de visão e um sistema de varredura ressonante de 8 kHz ou 12 kHz com espelhos galvanométricos alternáveis
  • Escaneie em frequências de até 12 kHz, obtendo cerca de 40 quadros por segundo (512 xx 512 px) ou 428 quadros por segundo (512 x 16 px)
  • Obtenha séries 4D até 50% mais rápido do que em sistemas comparáveis ao combiná-las com o SuperZ GalvoFlow
  • Nenhum comprometimento de resolução, sensibilidade ou contraste, graças às objetivas de alta NA e aos HyD RLDs sensíveis da Leica
1800 Hz Conventional -> 12 khz Resonant -> SuperZ GalvoFlow

Leica HyD

Uma solução viável

As células vivas sofrem efeitos fototóxicos inerentes como resultado da aquisição de imagens. 

A alta sensibilidade do Leica HyD permite a redução direta da dose de luz proporcionada à amostra. Isso aumenta a viabilidade do seu espécime.

Mesmo organismos delicados, como levedura ou vermes, são acessíveis à detecção híbrida com excelente resolução confocal.

Células vivas de levedura marcadas duas vezes com EGFP no invólucro nuclear e no telômero.

Spectral Detector

Detecção simultânea de bandas de emissão sem lacunas

Para diferenciar entre as diversas emissões de um espécime, é crucial ter um sistema de detecção que permite o registro de diversos canais ao mesmo tempo. O detector espectral de cada Leica TCS SP8 permite a detecção simultânea de cinco canais diferentes por um elemento dispersivo com base em prisma e um arranjo de espelhos deslizantes ajustáveis em cacata.

Gráfico: Dispersão de prisma e detecção espectral. A luz emitida passa por um prisma (1) que a quebra em seus componentes espectrais. Uma banda estreita de comprimentos de onda pode ser selecionada inserindo-se uma fenda mecânica (espelhos deslizantes) (2). O restante do espectro é direcionado pelos espelhos altamente refletivos para os detectores subsequentes (3). Uma cascata de fendas mecânicas construída a partir de espelhos deslizantes altamente refletivos permite registrar simultaneamente até cinco canais sem perdas.

Prisma de dispersão e de detecção espectral

AOBS e WLL

Gráfica Aquisição confocal de imagens livremente sintonizável

O laser de luz branca (WLL) usado no TCS SP8 X conta com uma fonte de luz que cobre a faixa espectral de 470 nm e 670 nm.

O AOBS é importante na seleção do espectro branco e maximiza as vantagens do WLL. É possível selecionar até oito linhas do espectro. Cada linha é livremente sintonizável em cor e intensidade, resultando em 8! = 40.320 combinações. 

A iluminação continuamente sintonizável e a divisão de feixe é complementada, com perfeição, pela detecção continuamente sintonizável do detector SP. Isso possibilita a coleta de faixas de transmissão entre as linhas de excitação pelas bandas do fotômetro espectral sintonizável, com a máxima eficiência de transmissão e em cinco canais simultâneos de emissão de corante, permitindo aplicações verdadeiramente coloridas.

Acima: O laser de luz branca permite a detecção de até 8 linhas de laser do espectro, todas livremente sintonizáveis em comprimento de onda e intensidade.
Abaixo: Todos os comprimentos de onda são totalmente flexíveis com o AOBS, permitindo o uso de linhas de excitação pouco espaçadas como GFP e YFP.
Monitor 4K que vem com todo Leica TCS SP8 e pacote 3D Visualization (Visualização em 3D) do LAS X

LAS X Software

Opções internas

Nossa plataforma de software Conjunto de Aplicativos Leica X (LAS X) pode ser personalizada para atender suas necessidades e ajudá-lo a planejar, executar e analisar seus experimentos.

Explore e analise

Seu conceito orientado pelo fluxo de trabalho e os intuitivos assistentes de software o orientam passo a passo na aquisição, no processamento e na análise de imagens. Adapte o LAS X às suas necessidades com pacotes adicionais de software como o 3D Visualization and Analysis (Visualização em 3D e Análise), que permite compreender a topologia da imagem 3D e quantificar os vários aspectos das estruturas intracelulares. 

O exame e a análise dos seus experimentos se torna extremamente simples com o Leica TCS SP8 e o LAS X.

Sem CAM (acima): Eventos importantes podem ser perdidos. Com CAM (abaixo): Resolução de tempo melhorada temporariamente como necessário. O processo é estudado em mais detalhes e com melhores resultados.

Comece pensando em grande escala

Descobertas revolucionárias podem acontecer quando você está no lugar certo e na hora certa. O Leica HCS A pode acelerar o processo das descobertas com high content screening (triagem de alto conteúdo) e permite que você padronize aplicações biológicas para resultados rápidos e reproduzíveis. 

A microscopia computadorizada (CAM) permite a detecção de eventos raros usando software externo para análise de imagens como o ImageJ ou o Cell Profiler. Os dados são continuamente transmitidos para armazenamento externo e a análise de imagens é feita paralelamente à aquisição de dados. O Leica HCS A pode responder ao feedback do software de análise, o que simplifica grandes campanhas de triagem.