Contate-nos on-line

Soluções para aquisição de imagens e preparação de amostras para pesquisas em virologia

O estudo de tecidos e células infectados por vírus, para compreensão de mecanismos de infecção e desenvolvimento de tratamentos para doenças, tem implicações cruciais para a saúde humana. As soluções da Leica para a aquisição de imagens e preparação de amostras ajudam na investigação da entrada e fusão virais, integração de genoma, replicação viral, constituição e proliferação de vírus. Dados de análises de espécimes bem preparados também são importantes para o estudo de mecanismos celulares relacionados e respostas imunes. A meta principal é o desenvolvimento de estratégias de intervenção.

Os vírus são investigados desde a biópsia até o nível de virion individual. Alguns dos vírus mais comuns estudados são os influenza, coronavírus (SARS-CoV-2, que causa o COVID-19 etc.), herpes, hepatite, dengue, zika, HIV, raiva e Ebola, mas existem muitos outros.

Os especialistas da Leica estão disponíveis para ajudá-lo a encontrar as soluções certas para a sua pesquisa de vírus.

Basta entrar em contato

Nossos especialistas em soluções de aquisição de imagens e preparação de amostras relacionadas a aplicações de virologia terão prazer em ajudá-lo a encontrar a solução para suas necessidades.

Lado do hospedeiro do processo de infecção viral

Para a pesquisa de vírus, algumas vezes são usados organismos-modelo; no entanto, eles não imitam bem a morfologia do hospedeiro humano. Assim, mais frequentemente, os pesquisadores recorrem a estudos de tecidos humanos, biópsias ou culturas celulares.

Modelos de infecção ex vivo podem ser gerados a partir de modelos de tecidos, biópsias ou animais. Esses modelos podem ser investigados com a ajuda dos estereomicroscópios da Leica.

Culturas celulares, esferóides e organóides podem ser monitorados com a ajuda dos microscópios widefield (compostos) da Leica.

Outras investigações iniciais de modelos de infecção, culturas celulares 2D ou 3D são obtidas com microscópios de fluorescência mais sofisticados da Leica, como os THUNDER Imagers.

Análises genéticas downstream mais confiáveis podem ser realizadas com a microdissecção a laser da Leica Microsystems, a qual isola células específicas do tecido circundante.

Exemplos de aplicações de vírus estudados com as soluções da Leica são fornecidos nesta nota de aplicação (Microscopy in Virology).

Aquisição de imagens de fluorescência de alta resolução para a pesquisa de vírus

A microscopia de alta resolução é um trunfo para estudos de doenças infecciosas, pois permite rastrear vírus ou patógenos causadores. Combinada com a marcação fluorescente de componentes celulares ou virais, permite sondar diversos aspectos de processos infecciosos.

Assim, tanto a microscopia de fluorescência confocal de varredura a laser quanto a fluorescência por reflexão interna total (TIRF) obtendo super resolução, são instrumentos preferenciais para a pesquisa viral.

Técnicas de microscopia avançada, como a microscopia multifotônica e de light sheet, podem oferecer acesso a eventos de infecção ocorrendo sob diferentes contextos, como seções de tecido, modelos de animais e modelos de infecção 2D, como organoides.

Os microscópios da Leica, que oferecem a você benefícios para o estudo de espécimes 3D relacionados à pesquisa de vírus, incluem a plataforma confocal STELLARIS e soluções TIRF.

Imagem e diagrama adaptados de Coomer et al. PLOS Pathogen (2020) 16(2): e1008359, DOI: 10.1371/journal.ppat.1008359

Ultraestrutura de vírus

Para a avaliação da ultraestrutura de vírus, é necessária uma resolução que se aproxime de 1 nm. Atualmente, essa resolução só pode ser atingida com a microscopia eletrônica. A EM criogênica pode atingir até mesmo uma resolução subnanométrica.

A resolução ultraestrutural permite que você realmente veja a interação entre o hospedeiro e o vírus na nanoescala, assim como confirme os resultados de diferentes tecnologias analíticas e identifique locais-alvo de medicamentos potenciais. Além disso, ligantes ou pequenas moléculas de receptores de superfícies celulares, visados durante interações de partículas virais, são essenciais para a criação de vacinas e inibidores de entrada viral orientados para estruturas.

Para a EM convencional e criogênica, a preparação de amostras é crucial. Ela exige equipamentos e conhecimento especializado, que a Leica Microsystems oferece a você por meio de um extenso portfólio para a preparação de amostras EM, bem como a orientação de especialistas da Leica.

Produtos relacionados

A Leica Microsystems oferece a você uma variedade de soluções de aquisição de imagens e preparação de amostras. Elas incluem microscópios widefield (estéreo e composto) com microscópios de fluorescência e brightfield, confocal e TIRF (fluorescência de reflexão interna total), atingindo a super resolução, CLEM (microscopia correlativa de luz e eletrônica), microdissecção a laser e sistemas de preparação de amostras de microscopia eletrônica.

Produtos para Virologia

Filter by Area of Application

THUNDER Imager Model Organism

O THUNDER Imager Model Organism permite a rápida e fácil exploração 3D de organismos inteiros para pesquisas de biologia de desenvolvimento ou molecular.

K5

Câmera fluorescente monocromática que permite a aquisição de imagens de alta qualidade para aplicações rotineiras

THUNDER Imager Live Cell & 3D Cell Culture & 3D Assay

O THUNDER Imagers fornece a você uma solução para ensaios avançados com culturas celulares em 3D para células tronco, esferoides e organoides.

THUNDER Imager Tissue

O THUNDER Imager Tissue permite o processamento de imagens fluorescentes de secções de tecidos 3D usadas em pesquisas de neurociência e histologia.

Seção histológica de olho de gato. A aquisição de imagens confocais simultâneas espectrais (em cinza) e FLIM (em cores) revela o contraste em função do tempo de vida. Aquisição e visualização usando STELLARIS 8 FALCON e o software LAS X.

STELLARIS 8 FALCON

O contraste é nítido. Aquisição de imagens do tempo de vida em um instante.

PAULA Dispositivo de captura de imagens de células

PAULA

Dispositivo inteligente de captura de imagens de células

Microscópio multifotônico STELLARIS 8 DIVE

STELLARIS 8 DIVE

STELLARIS 8 DIVE (Deep In Vivo Explorer) é um microscópio multifotônico com detecção espectral ajustável.

High Pressure Freezer Leica EM ICE

Leica EM ICE

Congelamento em alta pressão com simulação luminosa opcional e/ou estimulação elétrica

Leica DM4 B e DM6 B

Aumente a eficiência de trabalho com os microscópios de pesquisa verticais digitais, Leica DM4 B e DM6 B.

Inverted Microscope for Cell and Tissue Culture

Leica DMi1

Microscópio invertido para cultura de células e tecidos - nível de entrada

Microscópios de microdissecção a laser Leica LMD6 e Leica LMD7

Leica LMD6 e LMD7

A microdissecação a laser permite aos usuários isolar células individuais específicas ou áreas inteiras de tecido.