Ultra-micrótomos e Crio-ultra-micrótomos

Seja uma amostra de tecido, polímero, metal ou nanopartículas, os ultra-micrótomos Leica fornecem seções extremamente finas e com qualidade superficial perfeita em uma ampla gama de aplicações.

Desde a ciência dos materiais até a pesquisa do câncer, nossos ultra-micrótomos são utilizados para diversos tipos de pesquisa e controle de qualidade por todo o planeta.

Seções extremamente finas e com qualidade superficial!

Precisa de assistência?

Em contato com um especialista para ajudar a simplificar o preparação de amostra para microscopia eletrônica.

Sem comprometimento da ergonomia

Com frequência o usuário opera um ultra-micrótomo por um longo período. Portanto, uma operação livre de fadiga é essencial tanto para usuários canhotos quanto destros. Descanso de braços ergonômico e diversas opções de ajuste tornam o trabalho com os ultra-micrótomos da Leica Microsystems mais confortável.

Precisão nanométrica

Os ultra-micrótomos Leica garantem precisão e conforto. Graças aos estágios de facas completamente motorizadas e aos diversos recursos técnicos, mesmo iniciantes podem preparar seções perfeitas. Faça, em minutos, facas de vidro perfeitas para seções ultrafinas perfeitas com o Leica EM KMR3.

Os instrumentos produzem seções de espessura entre 10 nm e 15 µm. Descubra a precisão mecânica do ultra-micrótomo Leica EM UC7 e aproveite a preparação da mais alta qualidade de amostras para análises LM, TEM, SEM ou AFM.

Introduction to Ultramicrotomy – Mouse heart. Courtesy of Riet De Rycke, University of Gent.

Quatro etapas para a Crio-Seção

Transforme seu Ultra micrótomo Leica EM UC6 ou Leica EM UC7 em um crio-ultra-micrótomo em minutos, montando a câmara criogênica Leica EM FC7 e prepare suas crio-seções (-15°a -185°C) para TEM, SEM, AFM, e LM.

SEM image of the full Li-NMC electrode sample, showing the two porous layers and the metal film at the center of the structure.

Sistema de fresamento de feixes de íon

Quando a superfície do material da amostra é preparada para SEM ou microscopia de luz incidente, normalmente a amostra passa por vários processamentos, até que a camada ou superfície a ser analisada seja usinada com precisão. As soluções de fluxo de trabalho da Leica Microsystems para tecnologias do estado sólido abrangem todas as etapas necessárias para a preparação de amostras que demandam alta qualidade.

Read More

Plant-louse on a wheat leave

Sistemas para revestimento, gravação e fratura

Para permitir e melhorar a obtenção de imagem das amostras no microscópio eletrônico, elas precisam ser condutoras. Uma gama de técnicas de revestimento pode ser aplicada, dependendo da amostra e de sua preparação para a análise. Desde revestimentos de baixo vácuo em temperatura ambiente até revestimentos de alto vácuo em temperatura criogênica, a Leica Microsystems abrange a mais completa gama de requisitos de revestimento.

Read More

Sistemas de preparação criogênica

O congelamento em alta pressão geralmente é o método preferido para a preservação de amostras aquosas em estado próximo ao nativo, pois ele captura as complexas mudanças na estrutura fina ou na dinâmica da célula. A Leica Microsystems combina o congelamento em alta pressão com estímulo por luz: isso permite visualizar processos altamente dinâmicos ou as mudanças estruturais de amostras fotossensíveis em uma resolução nanométrica e com precisão de milissegundos.

Read More

SEM image of the full Li-NMC electrode sample, showing the two porous layers and the metal film at the center of the structure.
Plant-louse on a wheat leave

Interessado em saber mais?

Fale com nossos especialistas. Ficaremos felizes em responder todas as suas dúvidas e preocupações.

Fale conosco

Você prefere consultoria pessoal?